COMUNICAÇÃO O ESPELHO DE UM PAÍS

14,15 €
Com IVA 2 dias

Autor: Wylsony dos Santos

Editora: Perfil Criativo - Edições

Ano de publicação: Maio de 2017 - Primeira edição

ISBN: 978-989-99756-4-4

Nº de páginas:160

Capa: Mole com badanas

Medidas (Alt. x Larg. x Lombada): 230 x 170 x 7 mm

Peso: 0,330 Kg

Colecção: 

Observações: Disponível em Angola

Quantidade
Últimos artigos em stock

 

Segurança: A Loja dos Autores utiliza medidas de segurança para evitar a perda, abuso, alteração, uso não autorizado ou roubo dos seus dados pessoais.

 

Entregas: Portugal: 2 dias úteis (envios grátis); Europa: 7 dias úteis; Resto do mundo: 15 dias úteis; Angola: Pode ser levantado nas nossas instalações em Luanda, a confirmar com a.nossa equipa de Angola.

 

Devoluções: Queremos que se sinta completamente satisfeito com a sua compra! Pode devolver a sua encomenda no prazo de 5 dias, nas mesmas condições em que a recebeu, enviando um email para info@autores.club indicando o motivo da devolução.

PayPal

(…) O que acho extraordinário é que os jornalistas dizem: eu sou jornalista e não me meto em política. Eu para já não sei o que isto é, toda vida eu me meti em política senão não viria parar a prisão. Fui dirigente sindical é política, fui da comissão dos trabalhadores da RTP é política (…)

 (…) A isenção não existe. Tu não és isento, nem nenhum de nós é isento. O que nós temos que fazer é ser capaz de ouvir as várias opiniões e não só ouvi-las mas tentar percebe-las (...) 

(…) Agora, tu enquanto jornalista votes ao MPLA, ou UNITA, ou FNLA, ou votes em quem quiser, é diferente. Pelo contrário eu tenho medo é dos que dizem não fazem política, porque, normalmente, é assim dizem que não fazem política os que estão ao lado do poder e como têm o discurso da maioria, que não é precisam explicar, acham que não fazem política (…)

Mas, por que cria uma promiscuidade? Essa promiscuidade é criada todos os dias, os jornalistas movem-se no meio dos políticos, pertencem a mesma classe social, frequentam os mesmos bares. Mas, agora andamos todos aqui a fingir que: eu quando vou contigo aos copos, sou também, mas depois, não, quando sou jornalista sou completamente impoluto não pertenço a nada. (…) Agora, eu sou um ser castrado. Era o que faltava, eu não sou eunuco, o jornalista que faz um trabalho, absolutamente, político e dizer dele próprio que não é político, está a brincar com quem?(…)

Jornalista Diana Andringa, angolana e primeira mulher
presidente do sindicato de jornalistas portugueses

ÍNDICE

Prefácio

Breve Nota de Edição

Introdução

Álvaro Fernandes

Tony Fanacy

Celso Malavoloneke

Diana Andringa

Dina Cortinhas

Edson Athayde

Filipe Carrera

Horácio Sousa Reis

João Santareno De Sousa

Luís Domingos

Nelson Marujo

Nuno Fernandes

Teixeira Cândido

Galeria Fotográfica

EDI_0006_17_PC-E
8 Itens